9 maneiras de impulsionar a saúde do cão

9 maneiras de começar sua saúde dos cães

Aqui no DNM, estamos sempre recebendo perguntas sobre a primeira coisa que você pode fazer para melhorar a saúde do cão.

Oh, se ao menos pudéssemos parar em um.

Mas nós não podemos. Isso não seria justo para você ou seu cachorro.

Em vez disso, reunimos uma lista de nove coisas que melhoram a saúde do seu cão.

As informações abaixo são de alguns dos nossos posts mais importantes. Por quê? Porque eles contêm alguns conselhos realmente importantes. Conselhos que apenas podem salvar a vida do seu cão.

9 coisas que impulsionam a saúde do cão

Em nenhuma ordem específica, aqui está nosso principal conselho para levar seu cão ao caminho da saúde.

1. Cure Síndrome do Tripa Perigosa

saúde do cão

O intestino gotejante está se tornando uma condição comum em cães. É bem nomeado porque, com Leaky Síndrome do intestino, o revestimento intestinal permite que as toxinas “vazem” para a corrente sanguínea. Veja o que acontece.

Às vezes, o delicado revestimento mucoso que protege o intestino de seu cachorro fica danificado. O forro é um pouco parecido com gaze que permite que minúsculas partículas de alimentos digeridas na corrente sanguínea. É quando está funcionando corretamente. Mas se as bactérias no intestino do seu cão ficarem desequilibradas e as bactérias “ruins” começarem a superar as bactérias amigáveis, o “lenço de papel” será danificado e esticado. Isso significa que pode permitir que partículas maiores de alimentos não digeridos, bactérias e toxinas, passem para a corrente sanguínea. Isso causa várias reações adversas. Primeiro, faz o fígado trabalhar demais para filtrar as toxinas. E então o sistema imunológico entra em ação para combater os intrusos (toxinas). Isso pode causar inflamação crônica em seu cão.

Esta inflamação crônica pode levar a todos os tipos de condições de saúde:

  • Alergias, doenças de pele, tireóide, articulações, problemas cardíacos, problemas na medula espinhal, nos olhos ou no cérebro
  • Doença inflamatória intestinal, cistite crônica, traqueia colapsada, paralisia laríngea
  • Fígado, vesícula biliar e desordens pancreáticas
  • Problemas de comportamento, como agressividade e transtornos obsessivo-compulsivos
  • Doença auto-imune e deficiências nutricionais. Estes podem levar ao câncer ou inflamação crônica.

É sério. Mas você pode tratar isso.

Este post do homeopata Julie Anne Lee preenche as lacunas e diz-lhe como tratar o intestino gotejante.

2. Feed Raw

alimentos crus para cães

Isso não deveria ser uma surpresa. Raw é o setor que mais cresce no mercado de alimentos para animais de estimação. As pessoas estão reconhecendo que quando se trata de alimentação para a saúde, a ração não é o caminho a percorrer.

Existem muitas razões pelas quais a ração não é boa para o seu cão:

  • A maioria dos croquetes contém 25 a 45 por cento de amido
  • Cães não precisam de amido na sua dieta
  • O excesso de amido suporta bactérias intestinais insalubres
  • O processo de cozimento a alta temperatura destrói os nutrientes na comida
  • Fabricantes adicionam vitaminas sintéticas para substituí-las
  • O calor elevado desnatura a proteína, dificultando a digestão

Nutricionista animal Dr. Richard Patton deixa claro. “Uma tigela de ração, uma vez por dia, equivale ao abuso endócrino diário e não é saudável. Depois de comer, o açúcar no sangue dispara, a insulina flui, o açúcar no sangue afunda ”.

Enzimas naturais e bactérias benéficas são encontradas em alimentos crus para animais de estimação. Eles não estão danificados por nenhum tipo de processo de cozimento, tornando-os muito mais saudáveis. Os alimentos crus também estão cheios de vitaminas e minerais REAIS, naturais, não falsos.

E uma dieta crua pode ajudar a prevenir e gerenciar muitas condições comuns de saúde:

  • Doença gastrointestinal, hepática e renal
  • Alergias e doenças de pele
  • Obesidade
  • Artrite
  • Doença hormonal
  • Câncer

Este post de Richard Patton PhD coloca tudo na linha. Confira mais motivos para mudar para uma dieta crua.

3. Cortar Vacinas Desnecessárias

parar tiros de cachorro

Para a maioria das pessoas, isso acontece todos os anos. Você sabe, esse telefonema do veterinário sobre as fotos anuais do seu cachorro. Muitas pessoas dizem “sim” e marcar uma consulta, sem perguntas.

Essa crença inquestionável de que nossos cães precisam de vacinas anuais é uma má notícia. De acordo com o veterinário holístico Dr. Dee Blanco, nós nos tornamos viciados. E esse vício está enraizado no mito.

E nós somos todos sobre o mito de quebrar o Dogs Naturally. Aqui estão os mitos da vacina que causam mais dano:

Mito 1: Vacinas salvaram o mundo.

Mito 2: As vacinas são seguras, inofensivas e eficazes.

Mito 3: A ciência sobre vacinas está resolvida.

Neste post, Dee Blanco estabelece os 5 passos que você pode dar para parar a loucura da vacina e reduzir os riscos que o seu cão enfrenta com cada vacina desnecessária.

4. Adicione alguns antioxidantes

antioxidantes para cães

Seu cão é bombardeado por toxinas em cada turno. Estamos falando de pesticidas, antibióticos e toxinas nos alimentos. Limpeza e produtos químicos do gramado e vacinas também. E essas toxinas se acumulam no corpo e geram radicais livres.

Os radicais livres são um subproduto natural de certos processos no corpo, incluindo o metabolismo. Os radicais livres são formados quando seu cão é exposto a vacinas, drogas, produtos químicos, pesticidas, alimentos processados, poluição e outras toxinas. Eles causam estresse oxidativo no corpo do seu cão, danificando suas células, proteínas e DNA. Então, o que você pode fazer para controlar a proliferação de radicais livres?

A resposta: antioxidantes. Os antioxidantes ajudam a manter os radicais livres sob controle e promovem melhor saúde geral para o seu cão.

Uma dieta saudável cheia de antioxidantes ajuda a impedir a aquisição de radicais livres.

Existem vários alimentos que você pode adicionar à dieta do seu cão para estimular os antioxidantes. Este post tem uma boa lista.

5. Use homeopatia para a cura natural

homeopatia para cães

Remédios homeopáticos são medicamentos suaves feitos com quantidades altamente diluídas de substâncias como plantas e minerais. Quando corretamente combinados com os sintomas do seu cão, eles oferecem primeiros socorros notavelmente eficazes para muitas doenças comuns que seu cão pode experimentar. Você pode usar remédios homeopáticos com segurança em casa para esses tipos de condições.

Este post irá dizer-lhe como tratar coisas como:

  • ferrões de abelha
  • Vômito e diarréia
  • Colisões e contusões
  • Entorses e distensões
  • ITUs
  • Dor de dentes do filhote de cachorro

E não se preocupe, ele também informa como usá-los e onde comprá-los. Confira aqui.

Observação: para uma doença mais crônica e de longo prazo, você deve consultar um veterinário homeopático que possa fazer uma análise adequada do caso e prescrever o remédio apropriado para o seu cão.

6. Desintoxicação do corpo inteiro

desintoxicação para cães

A comida que seu cachorro come, a água que bebe, até o ar que ela respira trazem toxinas para seu corpo. Vacinas, pesticidas e produtos químicos para pulgas e carrapatos também são um grande problema.

É impossível negar isso. Nós vivemos em um mundo tóxico.

Eu cobri toxinas mais cedo com antioxidantes, mas há ainda mais que você pode fazer para eliminá-las. Desintoxicar seu cão significa limpar os vários sistemas – da cabeça às patas. Assim como você faria uma desintoxicação para si mesmo, seu cão também se beneficia de uma boa limpeza.

Se você faz isso anualmente ou a cada 6 meses, uma desintoxicação regular é uma ótima maneira de “limpar a casa” e melhorar a saúde do seu cão.

Este post cobre exatamente o que você precisa saber livrar-se das toxinas no corpo do seu cão:

Leia-o para todas as instruções passo a passo que você precisa.

7. Esqueça a pulga química e medicamentos de carrapato

saúde do cão

O FDA (Food and Drug Administration) divulgou recentemente um relatório sobre os perigos de certos medicamentos para pulgas e carrapatos. Eles estão alertando os donos de animais que esses remédios podem causar efeitos colaterais neurológicos. E não são apenas os remédios mencionados neste relatório, mas praticamente todos os preventivos de pragas farmacêuticas.

Essas drogas preventivas são na verdade pesticidas que atacam o sistema nervoso das pulgas e carrapatos, paralisando e matando-os. É realmente uma surpresa que eles também possam danificar o sistema nervoso dos cães?

Mas essa não é a única razão para manter esses coquetéis químicos longe do seu cachorro. Pílulas orais e tópicas comuns também são conhecidos por várias outras reações adversas:

  • Vômito
  • Diarréia
  • Coceira / urticária
  • Perda de apetite
  • Convulsões
  • Mudanças Comportamentais
  • Morte

Então, pare de usar esses remédios químicos e mude para a prevenção natural.

Neste post, a fitoterapeuta canina Rita Hogan explica como manter as pulgas longe de seu cão e de sua casa e quintal. E ela não usa nenhum produto químico.

Há também um receita para uma lavagem de vinagre de cidra de maçã e um repelente de pulgas todos os dias.

Confira o post aqui.

8. Entenda as alergias do seu cão

alergias do cão

Se seu cão não tem alergias, isso é incrível! Você pode pular este passo.

Mas se o fizer, você vai querer conhecer o máximo possível sobre eles. Essa é realmente a única maneira de encontrar uma solução que funcione.

Existem vários tipos diferentes de alergias comuns em cães:

  • Sensibilidades alimentares
  • Hipersensibilidades à picada de pulga
  • Alergias sazonais
  • Alergias de contato

E os sintomas destes podem parecer semelhantes. Mas quando se trata de tratamento, isso é um problema.

Por exemplo, uma alergia alimentar e uma alergia à picada de pulgas podem causar coceira intensa. Mas você não pode tratá-los da mesma maneira.

Este é o melhor guia para alergias. Ele passa por algumas das alergias mais comuns e diz como determinar com o que seu cão está lidando. Dessa forma, você pode escolher um plano de tratamento natural que realmente funcione!

9. Desligue o óleo de peixe

óleo de peixe para cães

Por último, mas não menos importante, vamos falar sobre o óleo de peixe.

Isso é difícil para alguns aceitarem, mas é importante.

Milhões de pessoas alimentam seus cães com óleo de peixe por causa do ômega-3. E isso é uma boa razão, porque seu cão precisa de ômega-3. Os ómega-3 apoiam a saúde imunológica, a saúde do coração, a saúde do cérebro e muito mais. Eles também equilibram ômega-6, que podem causar inflamação e doença crônica.

Mas o óleo de peixe não é a melhor (ou mesmo boa) fonte de ômega-3. Na verdade, poderia estar prejudicando seu cão. Óleo de peixe:

  • é extremamente vulnerável a danos oxidativos
  • pode conter toxinas como metais pesados ​​e bifenilos policlorados
  • muitas vezes é cheio de partículas radioativas

Também está matando o oceano.

Então, qual é a alternativa, sem ômega-3? Claro que não. Existem várias alternativas seguras que dão ao seu cão os ácidos graxos que ela precisa.

Neste post Dana Scott compartilha as 5 principais razões pelas quais ela parou de alimentar seus cães com óleo de peixe e o que ela usa em seu lugar.

Dar ao seu cão uma vida saudável é uma escolha. Fazer tudo o que puder para protegê-la é muito importante e é fácil quando você tem um guia. Use esses posts como guia e leve seu cão de volta aos trilhos para uma vida saudável.

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.