Cegueira Em Cães: Causas, Tratamentos E Prevenções

Pode ser um momento preocupante e confuso para os donos de cães quando eles começam a perceber que a visão de seu companheiro não é o que costumava ser. Embora a visão não seja tão importante para os cães quanto para os humanos, a cegueira nos cães ainda é uma condição preocupante.

Você sabe reconhecer os sinais de perda de visão em cães ou o que faz com que os cães partam? cego. Vou cobrir os sinais e sintomas e falar sobre como tratar e prevenir a cegueira e como se adaptar à vida com um cão cego.

Sinais de que seu cão está ficando cego

Às vezes é óbvio quando um cachorro está com problemas de visão. Ele pode esbarrar em paredes e outros objetos, agir com medo ou ter dificuldade em encontrar seus brinquedos e tigelas de comida. Outros sinais comuns estão piscando e esfregando os olhos com as patas.

No entanto, muitos cães não mostram sinais óbvios de perda de visão, especialmente quando o início da cegueira é gradual.

Indícios sutis que a visão do seu colega de quatro pernas está falhando incluem:

  • falta de jeito
  • se envolver no jogo com menos frequência
  • recusa a sair
  • dormir excessivo

Alimentar o seu cão com uma dieta alimentar saudável e completa e um suplemento vitamínico diário ajuda a garantir que ele receba nutrientes vitais que podem proteger os seus olhos..

Você também pode checar os olhos do seu cão em busca de sinais físicos como globos oculares de tonalidade azulada ou nebulosos e pupilas aumentadas.

Agende um exame veterinário imediatamente se estiver preocupado com o fato de seu cachorro ficar cego. Um veterinário irá realizar vários exames e testes para determinar a extensão da cegueira do seu cão, diagnosticar a causa e desenvolver um plano de tratamento. O exame pode incluir uma avaliação dos nervos cranianos do cão, exames neurológicos, exames de imagem e exames de sangue.

O que causa cegueira em cães?

Algumas raças de cães, incluindo dálmatas, Pastores alemães, chow chows, bAsset cães de caça, chihuahuas, são propensos a perder a visão. A cegueira nessas raças geralmente é causada por defeitos introduzidos por meio da reprodução.

A velhice é outra causa comum de cegueira em cães, pois seus olhos se desgastam com o tempo.

Os cães também podem ficar cegos depois de perder um ou ambos os olhos devido a lesões ou câncer, e alguns ficam cegos devido a outras doenças. As doenças mais comuns que podem levar a visão do seu cão são:

  • Diabetes é uma causa cada vez mais comum de cegueira em cães. Um em cada 10 cães se tornará diabético e 75% dos cães diabéticos ficarão cegos.
  • Glaucoma é uma condição que faz com que a pressão se acumule em um ou ambos os olhos, o que leva à cegueira se não for tratada.
  • Cataratas é um filme nublado que cresce sobre o olho. Eles crescem lentamente e levam à completa cegueira ao longo do tempo se não forem tratados.
  • De repente, síndrome da degeneração da retina adquirida, ou SARDS, é uma condição com uma causa desconhecida. Em cães com SARDS, as células bastonetes e cônicas dentro da retina degeneram, o que leva a uma cegueira irreversível.
cegueira em cães

[RELATED] A cegueira não é a única condição ocular em cães. Aqui estão alguns dos outros muito comuns.

A cegueira nos cães é tratável?

Se a perda de visão de um cão pode ser tratada com sucesso ou não depende da causa e da extensão do dano. A visão pode muitas vezes ser melhorada em cães diabéticos, administrando insulina e mantendo os níveis de glicose no sangue mesmo.

Muitos cães não mostram sinais óbvios de perda de visão, especialmente quando o início da cegueira é gradual.

As cataratas podem ser removidas e restaurar a visão parcial ou total. No entanto, a cirurgia é necessária para este processo. Isso vem com seus próprios riscos, é claro. E, sempre que um cão tem que passar por um procedimento com anestesia, também há riscos inerentes a ele. Também é importante se preparar para os cuidados pós-operatórios, bem como garantir que seu animal de estimação esteja totalmente preparado e saudável para o processo cirúrgico e de cicatrização.

Os medicamentos podem tratar o glaucoma, mas muitas vezes deixam de funcionar, e o resultado é que o olho afetado deve ser removido. A cegueira específica da raça pode às vezes ser tratada dependendo do problema subjacente. Não existe tratamento eficaz para a cegueira causada pelo envelhecimento ou pelo SARDS.

Pode cegueira em cães ser Evitado?

Alguns tipos de cegueira em cães podem ser prevenidos. Por exemplo, manter seu cão com um peso saudável e garantir que ele receba bastante exercício pode prevenir o diabetes e reduzir o risco de câncer. Proteger os olhos do seu cão da luz solar reduz a chance de desenvolver catarata.

Alimentar o seu cão com uma dieta alimentar saudável e completa e um suplemento vitamínico diário ajuda a garantir que ele receba nutrientes vitais que podem proteger os seus olhos. A seguir estão os alimentos ricos em nutrientes que podem ajudar a proteger a saúde dos olhos:

  • Alimentos Laranja como cenoura e abóbora – rico em caroteno
  • Amoras – cheio de antioxidantes
  • Vegetais de folhas verdes como brócolis e couve – repleto de fitonutrientes
  • Peixe pequeno como sardinha – grande fonte de ácidos graxos ômega
Cegueira em cães

Outro método importante de prevenção é ter os olhos do seu cachorro verificado regularmente pelo seu veterinário holístico.

Ajustando-se à vida com um cão cego

Se o seu cão já perdeu a visão, não se estresse. Seu melhor amigo ainda pode ter uma vida plena e feliz. Os cães são muito adaptáveis ​​e seus sentidos de audição e olfato compensam facilmente a perda de visão. Com um pouco de tempo e treinamento, seu cão pode retornar a uma vida normal.

Os humanos, por outro lado, são menos adaptáveis. Pode demorar algumas semanas ou meses para se ajustar à vida com o seu animal de estimação, uma vez que a visão dele vá. Aqui estão algumas dicas para fazer a transição:

  • Ajuste o treinamento do seu cão para confiar em dicas auditivas e de cheiro, como clickers, guloseimas e comandos verbais.
  • Faça a sua casa segura para o seu cão cego. Use portões de bebê para restringir o acesso a áreas perigosas, como escadas e varandas. Estabeleça passarelas claras para o seu cão que estejam livres de móveis e outros obstáculos.
  • Mantenha sempre os itens pessoais do seu cão, como camas, caixotes, comida e tigelas de água, no mesmo local.
  • Faça um esforço para socializar seu cão. Ajude-o a explorar lugares familiares sem o benefício da visão e apresentá-lo a novos lugares, pessoas e cães. Tome seu tempo em caminhadas e permita que seu cão tenha tempo de sobra para explorar com seus ouvidos e nariz.

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.