PTSD em cães e como gerenciá-lo naturalmente

Todos nós já ouvimos falar de estresse pós-traumático
desordem (PTSD) em humanos. Muitos de nós conhecemos alguém que lida com isso diariamente
base.

Mas você já considerou se os humanos são
os únicos que podem sofrer de sintomas de PTSD? Sim, estou falando de TEPT
em cães.

Especialmente depois de um estresse
situação, os cães podem começar a apresentar sintomas semelhantes de TEPT como seres humanos. Na maioria
Em alguns casos, os cães resgatados são mais propensos a desenvolver sintomas semelhantes aos do PTSD. Mas isso
também pode ocorrer em seu cão, mesmo que você tenha tido desde que ela era um filhote e você
levantou-a bem.

Então, como você identifica esses sintomas ou gerencia
sem drogas?

O que causa o TEPT em cães?

PTSD em cães geralmente é causado pelas experiências que um cão tem durante sua vida. Quanto mais estressante é uma experiência, maiores as chances de um cão desenvolver TEPT.

Em muitos casos, um cão pode se tornar
temeroso como resultado da alta dose de estresse que passou. Os fatores
que colocar um cão em uma situação estressante difícil de suportar pode variar de um cão para
outro.

Que tipo de experiências podem ser traumáticas para os cães?

  • Mudanças no clima, como uma tempestade ou furacão são dois exemplos
  • Acidentes ao redor da casa, acidentes de carro e trauma emocional são outros.
  • Interações ruins com outras pessoas ou animais podem transformar um cão normal em um cão estressado.

Um cão que sofre de PTSD pode
precisa de um pouco ou muita ajuda. O medo pode facilmente se transformar em comportamento agressivo
normalmente fora de uma reação protetora / defensiva. É por isso que vale a pena
aprender a lidar com tais casos para facilitar as coisas tanto para o cão e
para você, como seu dono.

Sintomas de PTSD em cães

Em humanos, o PTSD se manifesta através
uma série de pensamentos, memórias ou sonhos. Isto é devido ao fato de que o
problema é aquele que se manifesta em um nível cerebral. O mesmo acontece em cães
somente nossos companheiros não podem explicar o que está acontecendo com eles.

PTSD em cães geralmente é causado pelas experiências que um cão tem durante sua vida.

Um cão que sofra de sintomas semelhantes ao PTSD mostrará mudanças em seu comportamento. Normalmente, essas mudanças são de natureza negativa, pois são alimentadas por estresse e desconforto. PTSD pode até levar a agressividade desencadeada por medo e estresse.

Um cão que sofre de PTSD pode se tornar menos confiante quando em torno de novas pessoas. Ela pode ficar tímida, preferindo se esconder em vez de procurar companhia humana. Tal cão também pode ser vigilante de maneira excessiva. Qualquer mudança em seu ambiente pode fazê-la levantar a guarda.

Estes são os sinais para manter um olho
Se você suspeitar que seu cão pode estar sofrendo de PTSD:

  • Hesitação ao visitar determinados lugares. Isso acontece mesmo no caso de lugares familiares
  • Latindo com bastante frequência e sem motivo óbvio
  • Urinar com medo quando saudado por alguém de fora da família ou um completo estranho
  • Escondendo-se ao menor sinal de perturbação, mesmo quando nada parece estar errado
  • Tornando-se altamente vigilante e constantemente fique de olho no que está acontecendo ao seu redor
  • Tremendo ou tremendo, mesmo que não esteja frio ou não haja sinais de perigos imediatos
  • Tornar-se tímido na presença de pessoas e tentar evitar o contato humano
  • Alguns cães podem se tornar agressivos a ponto de se tornarem perigos reais para todos. Suas reações a fatores geradores de estresse podem ser imprevisíveis e fora do comum

Cães se comunicam muito através linguagem corporal. Então, você também deve prestar atenção aos sinais que mostram que seu cão está em perigo. A capacidade de ler a linguagem corporal do seu cão lhe dará o poder de tomar os métodos de precaução apropriados. Fazer isso diminuirá o sofrimento do cão e manterá todos os outros seguros. Aqui estão os sinais que você deve procurar:

  • O cachorro puxa as orelhas de volta
  • Sua cauda é baixa, entre as pernas
  • As pupilas estão dilatadas
  • A posição do corpo dela é baixa, perto do chão
  • Ela vai começar a respirar em ritmo acelerado

[RELATED] Lidando com um cachorro ansioso? Pesquisas mostram que o CBD pode ser ótimo para acalmá-lo.

TEPT em cães

Lidando com um cão traumatizado

Um cão excessivamente estressado geralmente será altamente sensível a fatores externos. Uma vez que o TEPT se desenvolve, até mesmo a menor quantidade de estresse pode causar uma reação. Isso pode colocá-los em um estado frágil.

A coisa mais importante que você precisa fazer é seja calmo e paciente com seu cachorro. Lembre-se de adotar um estado calmo de espírito e comportamento em sua presença. Você precisa inspirar confiança e tranquilizá-la em todos os momentos. Use sua linguagem corporal e estado de espírito para que ela saiba que nada de ruim vai acontecer.

Não fique bravo, chateado ou irritado com seu cachorro. Não levante a voz para ela. Tente evitar movimentos rápidos e bruscos. Em vez disso, crie um ambiente calmo e relaxante em torno do seu cão. Isso permitirá uma recuperação mais rápida.

Tenha em mente que o processo de recuperação pode ser lento e pode demorar um pouco. Abrace sua paciência interior.

[RELATED] Sua própria saúde afeta a saúde do seu cão e isso inclui seu nível de estresse. Aqui está mais sobre a conexão entre a saúde humana e canina.

Como ajudar um cão com TEPT

Vendo seu cachorro em um traumatizado
Estado pode ser muito difícil. Mas você tem a chance de melhorar as coisas, mesmo em
os casos mais graves. O processo levará tempo e esforço, mas não é
impossível obter os resultados desejados.

A coisa mais importante que você precisa fazer é ser calmo e paciente com o seu cão.

É muito gratificante ver um
O cão traumatizado recupera sua autoconfiança e desejo de viver e brincar. Como um
dono do cão, há muitas coisas que você pode fazer para ajudar seu cão.

1. Crie um espaço seguro

Dedique uma área da sua casa ao seu
cão e torná-lo tão seguro quanto possível. Se for mais conveniente para você, você pode
até mesmo criar vários espaços seguros para o cachorro em volta da casa.

Use uma cama de cachorro, tapete, cobertor, realmente
qualquer coisa que seja macia e confortável para fazer um pequeno ninho. Enquanto o cachorro
relaxa e descansa lá, certifique-se de que nada de ruim aconteça com o cachorro
dela.

Supervisione seu cão enquanto ele passa
tempo nessas áreas seguras. A ideia é ensinar o cão a associar esses
lugares com segurança e tranquilidade. Desta forma, ela pode fazer uma pausa da sensação
Assustado e estressado o tempo todo.

2. Crie uma rotina diária

Uma rotina é boa para cachorros de todos
idades e estados, não apenas para aqueles que sofrem de PTSD. Isso os ajuda a obter
organizado e sabe o que esperar durante cada momento do dia.

Tal cronograma deve incluir
caminhadas diárias, horários das refeições, brincadeiras e outras atividades. Certifique-se de que o cão
está envolvido em todas as atividades na mesma hora todos os dias. Dessa forma, ela saberá
o que esperar e quando esperar.

Removendo o elemento surpresa
e ajudar o cão a prever o que acontecerá a seguir pode trabalhar para mantê-la calma. este
De qualquer forma, ela não vai ficar com medo quando você vai fazer uma atividade que ela está acostumada.

3. Ofereça suporte, mas permita que ela escolha

Como donos de cachorros, somos tentados a
Acho que sabemos o que é melhor para os nossos cães. Mas, ao lidar com cachorro
sofrendo de PTSD, as coisas mudam. Para aumentar a qualidade de vida do seu
cão e diminuir seus níveis de estresse, você precisa deixá-la escolher o que se sente
certo.

O que isso significa? Permitem que sua
cachorro para escolher onde ir em caminhadas, em vez de puxá-la depois de você. Se seu
cão nervoso com um passeio de carro, não insista nisso. Tente o seu melhor para evitar qualquer
Situações estressantes. Procure por sinais de perigo em seu cão em todos os momentos e
permita que ela faça as coisas do jeito que achar mais confortável.

4. Adote um estado mental positivo e uma atitude calma

Os cães são muito receptivos ao caminho
estamos em uma base diária. Se você está chateado ou preocupado, seu cão vai sentir isso e
irá copiar seu humor e estado de espírito.

Em vez disso, seja calmo e reconfortante. Se seu cão sentir sua confiança, ela se sentirá muito melhor em sua empresa. Ela se sentirá segura e deixará de ser tão vigilante, tentando estar pronta para o que quer que aconteça.

5. Use remédios calmantes naturais

É possível acalmar um
cão nervoso ou ansioso com remédios seguros e naturais. Estes irão remover o estresse
sem ter que dar drogas ao seu cão.

Confira alguns remédios naturais calmantes no caso de você ter um cão com sintomas de PTSD em casa. Isso pode incluir óleo CBD, remédios homeopáticos, Bach Flower Essências ou mesmo óleos essenciais.

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.